Redução da Avaliação das Ações EDP Renováveis

goldman sachsO banco de investimento norte-americano, reduziu a avaliação das ações da EDP Renováveis, de forma a incorporar a proposta de alteração à regulação dos mercados da Polónia e da Roménia.

O banco afirma, que estas alterações incluídas na versão preliminar das propostas, não têm uma importância “física”, mantendo assim a recomendação de “neutral”. No entanto, ainda assim, o preço-alvo por ação, passou de 4.50 para 4.30 euros.

Esta atualização de avaliação e estimativas, foi realizada sobretudo para refletir as propostas preliminares, referentes ao quadro regulativo na Polónia e Roménia. Não são vistas como alterações significativas e não há qualquer alteração em relação à recomendação ou à tese de investimento.

Esta redução conferida pela Goldman Sachs, teve reflexo nas ações da EDP Renováveis, que acabou a sessão a desvalorizar 0.52%, e o preço-alvo do Goldman Sachs, confere um potencial de 11.7% aos títulos.

 

Fonte: Jornal de Negócios, 24 de Setembro de 2013


O anfitrião do Microgeração de Energia. Alguém interessado nas Energias Renováveis e na sustentabilidade energética.

Ainda sem comentários.

Deixe um comentário