Recorde de produção de energia em Portugal

renovaveisSegundo informação divulgada pela Quercos, relativa a Portugal Continental, a produção de energia elétrica a partir de fontes renováveis, atingiu níveis recorde até Junho.

O balanço efetuado pela Quercos, teve por base os dados da REN, Redes Energéticas Nacionais, e dá conta de um aumento absoluto de 34 pontos em relação aos 38% verificados no mesmo período de 2012.

Este aumento é justificado pela significativa potência instalada, de renováveis, mas principalmente devido às condições climatéricas, que até agora têm sido mais húmido,permitindo recorrer mais à utilização da energia hídrica, e também mais ventoso, logo maior produção de energia eólica.

Verificou-se também na eletricidade de origem fóssil, um recuo  no uso do carvão, o que associado ao aumento da produção renovável, conduziu a uma redução de emissões entre os dois primeiros semestres de 2012 e 2013 de cerca de 1,9 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2).

Segundo a associação, apesar de as centrais a carvão apresentarem baixos níveis de eficiência energética e elevadas emissões de dióxido de carbono por KWh produzido, em parte devido à crise, há um excedente de licenças de emissão de dióxido de carbono à escala Europeia, o que se traduz num preço do CO2 muito mais baixo do que o que seria de esperar.

Esta situação, diminui os custos da utilização destas centrais, favorecendo-as em relação às centrais de ciclo combinado a gás natural. Estas últimas, muito mais eficientes  com menos impactos ambientais, e quase paradas nos últimos meses.


O anfitrião do Microgeração de Energia. Alguém interessado nas Energias Renováveis e na sustentabilidade energética.

Ainda sem comentários.

Deixe um comentário