Países Procuram a Eletricidade Sustentável

energia sustentavelPlanear um futuro diferente no que diz respeito a um novo sistema energético, baseado em fontes com baixa emissão de carbono, cidades inteligentes, e electrificação dos veículos,  torna-se cada vez mais imperativo e urgente.

Atualmente, cerca de 80%  da energia mundial primária baseia-se no dióxido de carbono: carvão, petróleo e gás, e estas elevadas emissões de CO2, estão a  provocar uma acidificação dos Oceanos, colocando em risco milhares de espécies marítimas, estão a alterar perigosamente o clima mundial e a ajudar a situação de crise mundial que se vive, os preços dos combustíveis fósseis não param de aumentar, uma vez que a procura aos recursos convencionais de petróleo, carvão e gás está a aumentar e estes a diminuírem na Terra.

Os Estados Unidos da América desenvolveram muitas e novas tecnologias com baixas emissões de dióxido de carbono no entanto a América ainda é politicamente  a Terra das grandes petrolíferas, o que fez com que que estes desenvolvimentos abrandassem e outros países liderassem agora o interesse e empenho em utilizar estas tecnologias de baixas emissões de CO2, em larga escala.

A Alemanha e a França, estão fortemente empenhados em mostrar ao mundo os caminhos alternativos que se devem seguir para se fazer a transição para uma energia sustentável.

A Alemanha, está a fazer um enorme esforço, aliás sem precedentes numa grande economia, para atender a toda a procura energética do país com energia renovável, principalmente a energia solar e a energia eólica. A França depende fortemente da energia nuclear, baixa em carbono e aposta nos carros elétricos.

Felizmente a França, Alemanha e muitos outros países europeus incluindo os países escandinavos, estão a reconhecer que o mundo tem de se distanciar das energias baseadas nos combustíveis fósseis. Para isso, estão a criar um sistema energético alternativo, baseado em energias renováveis, que cada vez mais sustentará a economia mundial.


O anfitrião do Microgeração de Energia. Alguém interessado nas Energias Renováveis e na sustentabilidade energética.

Ainda sem comentários.

Deixe um comentário